Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O dia

por esquisita, em 23.01.24

 

O dia em que eu nasci, moura e pereça,
não o queira jamais o tempo dar,
não torne mais ao mundo, e, se tornar,
eclipse nesse passo o sol padeça.
luz lhe falte, o sol se [lhe] escureça,
mostre o mundo sinais de se acabar,
nasçam-lhe monstros, sangue chova
o ar, a mãe ao próprio filho não conheça.
as pessoas pasmadas de ignorantes,
as lágrimas no rosto, a cor perdida,
cuidem que o mundo já se destruiu.
Ó gente temerosa, não te espantes,
que este dia deitou ao mundo a vida
mais desgraçada que jamais se viu!

           Luís Vaz de Camões 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ontem

por esquisita, em 02.05.22

 

Mãe,
Nunca foste velha
Tu, que foste Mãe de tantos,
novos e velhos,
nunca o foste
Tu, que não tinhas medo da palavra velhice
por amar a vida completa e inteira,
nunca foste velha…
Podia ter sido ontem
Ontem poderíamos ter celebrado
a maternidade e a velhice
e eu diria que te amo
Mãe,
mais ainda te amaria
velha!
Podias ter-me feito a tua melhor amiga
Podias ter-me contado
que nunca serias velha…
Fizeste de mim o que de todos fizeste:
amados filhos de Vida
Fizeste de mim a tua melhor filha…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts recentes


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D