Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Palavras

por esquisita, em 09.09.21

Quando certas frases são atacadas pela ironia, tornam-se horríveis. É o caso da expressão "Amor com Amor se Paga", usada como sentença de reparação.

Não nego frequentar sentidos incertos e não reclamo inocência à ironia, mas quando Amor deixa de ser Amor para que na paga se apure o sabor da desforra, sinto a Justiça arranhada e distorcida. As palavras ficam sujas pela vingança e o sentido contaminado pela mesquinhez.

Se é para magoar, que seja com lealdade. Talvez a verdadeiramente gelada: "Quem com Ferros Mata, com Ferros Morre", seja mais justa. Neste caso não restam dúvidas, pretende-se curar o mal com o mal, usam-se as palavras fatais da desgraça e poupa-se o Amor.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

Anónimo a 11.09.2021

Estou a ver que é mesmo esquisita! Alguns veem para aqui discutir "o sexo dos anjos".

É cada (não) assunto que falam que temos de ficar preocupados.

E o pior é que estes (não) assuntos são promovidos a assuntos do dia para muitos discutirem "o sexo dos anjos".
Imagem de perfil

esquisita a 11.09.2021

Esquisita e assumida! Não é para todos!
Sem imagem de perfil

s o s a 11.09.2021

é complicado. Ainda mais com a autora a manipular as palavras. Ou a dissecar ?

Bom, áparte as palavras e a inocencia ou a lealdade defendida para as mesmas, a lealdade aqui obrigatoria é ridicula. Possivelmente no contexto que o post tem em mente, essas dos Ferros, seja mais justa.
Mas existem situaçoes em que com quem sem ferros matou ...

Pronto, deixo tambem uma palavrinhas

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D



Favoritos