Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Nada!

por esquisita, em 24.04.22

 

Estava eu tão sossegada…
E o homem todo empertigado
a explicar que aquilo era poema
E eu muito calada a discorrer
que de poesia não percebo
nada,
e que se troco as palavras é por vício
de encontar eco nas coisas erradas
E além disso, mais
nada!
E o doutor muito ilustrado,
profundo conhecedor do assunto
a examinar a estante vazia,
sem perceber que ali não há
nada!
Estava eu tão sossegada…

Ó mãe dá-me água!

20220423_113135.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Imagem de perfil

Marco a 25.04.2022

ó mãe dá-me auga .

Poesia tem que sair do coração senão não é poesia, são apenas palavras.
um beijo
Imagem de perfil

esquisita a 25.04.2022

Então estamos de acordo, Marco!
A poesia é quase tudo e as palavras são quase nada

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D