Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Direito

por esquisita, em 25.04.23

 

Por ser sempre tão atento aos meus desejos e condescendente para com as minhas vontades – talvez até um pouco permissivo nos caprichos – era difícil compreender aquela recusa definitiva e incontestável.
Não se abre!!!
Eu argumentava com razões que me pareciam evidentes. Fazia parte do pedido de notícias, das saudades e dos beijinhos, nas costas do postal. A possível nota de vinte escudos para ajudar à compra dos patins, estaria à minha espera entre as duas folhas da carta perfumada. Se fosse uma daquelas encomendas que o Sr. Fernando trazia no fundo do saco de couro, podia contar com os caramelos embrulhados no papel Kraft, ou quem sabe, com a camisola tricotada. A avó nunca se esquecia de mim.
Protestava a injustiça, pedia justificações.
Não tem o nosso nome no destinatário, não abrimos!
Toda a intimidade é inviolável. A correspondência entre mãe e filha, ainda que inclua a neta, também.
Para não me ver triste, dava-me abraços e beijos, ou cinco escudos para pôr no mialheiro, ou uma sombrinha de chocolate e prometia que íamos os dois aprender a tricotar. Ficávamos à espera que a mãe voltasse na sexta-feira, para revelar o que era dela.
Ensinava-me o respeito, mas sem querer que eu soubesse que repudiava um direito. Talvez, por o considerar de tal forma aberrante, nunca quis que o conhecesse.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

cheia a 25.04.2023

Que sofrimento! " permissivo nos caprichos", mas determinado nas regras da boa educação.

Feliz resto de dia.
Imagem de perfil

esquisita a 25.04.2023

Só muito mais tarde descobri, que há "direitos" que nascem tortos!
Boa noite
Imagem de perfil
Há muitos direitos que são tortos, nasceram assim por força das normas sociais ou para legitimar situações que mais tarde se verificam serem ilegítimas e levam a modificar esse "direito". Os direitos dos mais fracos e da minorias são de difícil evolução e implementação, como os das crianças e dependentes em geral, e também os da igualdade de género.
Mas não há direitos tortos que, mais cedo ou mais tarde, não se endireitem.
Beijinhos, bom dia!🐦
Imagem de perfil

esquisita a 26.04.2023

Olá Mafalda! Devagarinho, a coisa vai-se endireitando, o mais difícil é desatar os nós de certas mentalidades... Lá chegaremos!
Bom final de dia
Imagem de perfil
Assim será!
Obrigada, bom final de dia também!🐦
Imagem de perfil

Marco a 26.04.2023

Pois se não é para nós não podemos abrir, também fui ensinado assim, mas não havia abraços nem sombrinhas.
Aprendes-te a tricotar ?
Um beijinho
Imagem de perfil

esquisita a 27.04.2023

Aprendi, pois! E também aprendi que tricotar não combina comigo
Boa noite para ti, outra vez

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D