Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Conversa fiada

por esquisita, em 17.11.23

 

Como é que uma velha centenária, estafada pelos anos e gasta por gerações, pode ter tantos pretendentes? Olha para a quantidade de cartões e bilhetinhos que te deixam ficar por debaixo da porta! Não faças caso deste azedume logo à entrada, que desconfio não ser mais do que ciúme. Sem rodeios Tenho interesse! Sei o que vales e estou disposto a pagar!  E eu tenho medo de te deixar cair … Sabem lá, eles, alguma coisa! Tudo ao lixo e adiante, que não foi a isto que vim! Deixa lá ver de te queixas… Dizes, então, que o estuque do tecto está a descascar!? São sintomas da idade, tem paciência! Onde é que é mesmo? Na sala? Não digas mais, o aparador está polvilhado pela caliça, que nem rabinho de bebé coberto por pó de talco. Deixa estar, eu limpo… gosto do toque macio desta madeira encerada, e ainda gosto mais do cheiro que conserva ao fim destes anos todos. Sabes o que dizem? Pinho manso cheira a pinhão, não importa o tempo que passa. Não é pinho, esta madeira. Não sei, nem tenho mais ninguém a quem perguntar, que fruto deixou por dar a árvore, para se fazer armário. O quê!? Não me venhas com poesias, aroma a dia de festa, brindes à saúde, risos e abraços, são perfume acrescentado pela memória, não há madeira que… Espera! Não te quero assustar, mas o caso é capaz de ser mais grave! Parece água… pinga, pinga, pinga… só me faltava mais esta! Uma infiltração! Pelas minhas contas, este tecto é o avesso do terraço, deixa-me orientar: cinco passos do fogão à porta da sala, mais dois em frente, quatro à esquerda. Vou lá cima ver o que se passa. Escadas que descem até ao pátio das avencas, escadas que sobem até ao patamar dos cactos…Mas o que é isto!? A viela está toda suja, outra vez! Já percebi, as andorinhas ainda não foram embora! É Novembro, talvez se deixem ficar para o Natal… talvez façam como as cegonhas, vão ficando, vão ficando, e… Não, não me estou a distrair com outros assuntos! São degraus e mais degraus, lá está o galo virado a Norte, em cima da chaminé. Ora, se aqui é a chaminé, lá embaixo deve ser o fogão, agora é só ir em frente, vira para um lado, torna a virar, pareço uma abuíta. Abuíta, deve ser ave doméstica que não tem poiso no dicionário, hei-de investigar… Achei! É por aqui que entra a chuva, o mais certo é teres a placa rachada! Está-te a rir!? Pronto, tens uma fissura na laje, está melhor assim!? Vou buscar ajuda, não te aflijas, eu volto! Enquanto puder, eu volto! Outra vez escada abaixo, para depois subir e tornar a descer, quem sonhar contigo, deve ter os desejos muito… Olha, mais um cartão! Este traz foto colorida, meio corpo em semi perfil. O rapaz é jeitoso, sorriso insinuante, braços cruzados e o contacto: Ligue-me!  Não será caso a considerar!? Calma! Estou na reinação! Só me dás trabalho mulher, mas sossega que estou só na reinação!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Imagem de perfil

esquisita a 18.11.2023

Este galo há muito que não roda, é sempre a Norte
Bom fim de semana!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D