Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A ti, que compreendes e perdoas

por esquisita, em 01.07.21

Recusei a dedicatória. Na verdade, quase implorei para que não o fizesse.

Sugeri, quando muito, uma menção breve nos agradecimentos.

Protestou, mas acabou por ceder ao meu pedido.

Sabe que eu troco essa honra pela ilusão de exercer a minha influência por mais uns tempos.

Eu sei que compreende e perdoa. 

Fico feliz.

Não tenho esse direito, e estou longe da perfeição, para além do mais…

sou esquisita.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D